terça-feira, 7 de maio de 2013

GOVERNO E PROFESSORES SEM ENTENDIMENTO



Uma reunião realizada hoje entre sindicatos dos professores e governo da Guiné-Bissau foi inconclusiva e
a greve no setor da Educação vai manter-se.
Os professores do ensino público da Guiné-Bissau iniciaram hoje uma greve de 30 dias úteis, cujo término vai coincidir com o final do ano letivo. Caso a greve seja cumprida na totalidade o ano letivo deverá ser considerado inválido, visto que esta é a terceira greve dos professores neste ano, que levaram a muitos dias de aulas perdidos.

Sem comentários:

Publicar um comentário